A gastronomia e música andam de mãos dadas no Festival. Para apreciar uma boa comida mineira, trazemos uma programação repleta de artistas de Minas Gerais no palco da PRAÇA SESC CAMPO DAS VERTENTES.
*Programação sujeita a alteração sem aviso prévio.

Leonardo Brasilino

Data: 18/08 – sexta
Hora: 18h

Começou seus estudos aos 11 anos nas bandas de música da cidade de Santa Luzia. É formado em trombone nível 2°grau pelo CEFAR – Palácio das Artes em 2003 e Bacharel em trombone pela Escola de Música da UFMG em 2007. Atualmente é trombonista da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais desde março de 2009, coral de trombones e tubas da UFMG. È professor de trombone e no meio popular trabalha com projetos e artistas em vários estilos.

 

Wilson Sideral - Tropical Blues

Data: 18/08 – sexta
Hora: 21h

O show idealizado pelo cantor, compositor e guitarrista, Wilson Sideral, faz reverência e inspira-se no blues, essa língua universal, música-mãe do jazz, do soul, rock’n’roll, entre outras maravilhas modernas, para cantar o Brasil. De Luiz Gonzaga a Mutantes e Jorge Ben Jor; dos “blues do Djavan” ao caipira de Tonico & Tinoco; passando pela Bahia de Gil e Caetano, e de Raul! De Barão a Lamartine Babo; do Sul de Gessinger ao Agreste Pernambucano de Dominguinhos; sem perder esse trem que sai de Minas numa “Travessia” até o Rio de Tim Maia, Marisa e outros montes…

DJ Thiagão

Data: 18/08 – sexta
Hora: 22h

A música sempre fez parte da vida de Thiagão, desde sua infância. Novidades e raridades. Com influência da música brasileira e da black music, seu repertório diversificado permite tocar numa mesma noite vários ritmos sem perder a vibração. Acostumado a trabalhar em shows, festas, festivais, casamentos, aniversários, eventos corporativos, consegui uma bagagem extensa e muitos trabalhos importantes nesses anos de carreira. Agora, morando em São Paulo, vive em constante ponte aérea mostrando seu trabalho em diversos locais do Brasil.

Peluqueria

Data: 19/08 – sábado
Horário: 13h

Peluqueria começou a se formar em 2011 através de experimentações entre o baterista Pedro de Filippis e o baixista Antônio Beirão, parceria amadurecida em shows de improvisação em festivais, ao lado de músicos de diversas origens e estilos. O grupo se consolidou e desenvolveu sua identidade singular com a entrada do guitarrista e bandolinista Willian Rosa, em 2012, ano no qual Peluqueria gravou seu EP, Peluqueria I. Em 2016, entrou o percussionista Rafa Nunes, que já tocava com Willian e Pedro na banda Iconili e que agregou à banda sua vitalidade polirítmica e  riqueza de timbres, remetendo às diversas culturas que servem de inspiração para o Peluqueria. Em 2017, após a mudança de Pedro para o exterior, entrou para a banda o baterista Paulo Fróis, trazendo um extenso repertório rítmico. Desde seu inicio, Peluqueria vem fazendo shows intimistas, festas dançantes e apresentações em festivais relevantes, tendo uma qualidade musical sofisticada e exótica, ao mesmo tempo atraente e de fácil assimilação. Entre os festivais que Peluqueria participou estão: BH Music Station, A Savassi é Nossa, Festival de Cultura e Gastronomia de Tiradentes e  Festival de Curtas do Palacio das Artes.

Chora Genésio

Data: 19/08 – sábado
Hora: 15h

Túlio Araújo

Data: 19/08 – sábado
Hora: 18h

Imagine um Pandeiro, sem Bateria. O dedão marcando o grave do bumbo, tapas fazendo a caixa e platinelas soando como os pratos e symbal. Bem-vindo(a) à idéia do Túlio: O Projeto Dobradura. Túlio Araújo é um músico Brasileiro, formado em Percussão, Produção Musical e Engenharia de Áudio. Estudou com alguns dos mais renomados mestres, como Ian Guest, Felipe Moreira, Santiago Reyther e Marcos Suzano. Durante esse tempo, começou a imaginar como seria fundir seu principal instrumento com o universo da improvisação que o Jazz, o Choro e o Fusion possibilitam. Neste show, o pandeirista é acompanhado pelos talentosos Felipe Vilas Boas na Guitarra e Deangelo Silva no Piano, com um repertório que passeará por seus 2 álbuns já lançados, “Manguêra” em 2012 e “East” em 2014.

Chorando de Alegria

Data: 19/08 – sábado
Hora: 21h

O duo “Chorando de Alegria” nasceu do auspicioso encontro entre os músicos Felipe José (Minas Gerais/Brasil) e Orlando Martínez (Caaguazú/Paraguay), ambos com grande experiência nos palcos da América Latina e do mundo afora.
Residentes na região da tríplice fronteira (Brasil/Paraguay/Argentina), se uniram com a proposta de fazer uma música livre de fronteiras mercadológicas, de gênero e de nacionalidade. Seu repertório utiliza o folclore tradicional dos 3 países como trampolim para alcançar novas dimensões musicais neste século XXI, com a escolha do Choro como núcleo potencializador de sua prática musical.

DJ Thiagão

Data: 19/08 – sábado
Hora: 22h

A música sempre fez parte da vida de Thiagão, desde sua infância. Novidades e raridades. Com influência da música brasileira e da black music, seu repertório diversificado permite tocar numa mesma noite vários ritmos sem perder a vibração. Acostumado a trabalhar em shows, festas, festivais, casamentos, aniversários, eventos corporativos, consegui uma bagagem extensa e muitos trabalhos importantes nesses anos de carreira. Agora, morando em São Paulo, vive em constante ponte aérea mostrando seu trabalho em diversos locais do Brasil.

Trio Bossa Nova

Data: 20/08 – domingo
Horário: 12h

O trio Bossa Nova explora a diversidade do repertório brasileiro, em especial a música dos mestres da nossa bossa nova, passando também por clássicos da mpb. No seu repertório encontramos obras de grandes nomes da música brasileira como Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Ary Barroso, Milton Nascimento, Djavan e muitos outros. O trio mescla a sonoridade dos solos de flauta acompanhada pelos violões com os violões em dueto e em solo.

Trio Jazz Noir

Data: 20/08 – domingo
Horário: 14h

“O trio Jazz Noir, residente na cidade de São João del Rei, é composto por André Cascaes (guitarra e bandolim), Henrique Edwin (bateria) e Lucas Batista (contrabaixos elétrico e acústico). O nome do trio faz referência ao clássico cinema francês, traduzindo sua sonoridade em cores e imagens de estetica impressionista. Seu repertório passeia pelo vasto universo do swing jazz, bebop, cool jazz, bluesy, bossa nova, fusion, funk, e o melhor da musica instrumental brasileira.”
Andre Cascaes é guitarrista natural de Porto Alegre-RS,onde iniciou sua trajetória musical em meados dos anos 80.É bacharel em violão pela UFMG. Atualmente é professor do Conservatório Estadual de Musica Padre José Maria Xavier, de São João del Rei.
Lucas Batista é um multinstrumentista natural de Lavras-MG. Formou-se em canto popular pela UFSJ e em contrabaixo pela Bituca Universidade de Musica Popular. Atualmente é professor do Conservatório Estadual de Musica Padre José Maria Xavier, de São João del Rei.

DJ Thiagão

Data: 20/08 – domingo
Hora: 16h

A música sempre fez parte da vida de Thiagão, desde sua infância. Novidades e raridades. Com influência da música brasileira e da black music, seu repertório diversificado permite tocar numa mesma noite vários ritmos sem perder a vibração. Acostumado a trabalhar em shows, festas, festivais, casamentos, aniversários, eventos corporativos, consegui uma bagagem extensa e muitos trabalhos importantes nesses anos de carreira. Agora, morando em São Paulo, vive em constante ponte aérea mostrando seu trabalho em diversos locais do Brasil.

Jinka

Data: 22/08 – terça
Hora: 21h

Com seu timbre de voz vibrante e inconfundível Marilane participou dos principais festivais de música do país. Teve o privilégio em acompanhar grandes nomes da música popular brasileira: Milton Nascimento, Maurício Tizumba, Carlos Walter… dentre outros. Acompanhada dos músicos: Bona Garcia (Percuteria), Marcos Nascimento (Saxofone) e Zé Leandro (Violão) apresenta um repertório atraente, com músicas de: Gal Costa, Gonzaguinha, Elza Soares, Elis Regina, Djavan, Otto, Liniker e por ai vai. Deste encontro, pode-se esperar um show pulsante, contagiante e de muita energia.

Violasoul

Data: 23/08 – quarta
Hora: 21h

O Brasil do interior ressoa nas cordas de uma viola. È assim que o Trio ViolaSou vê o retorno das cantigas, dos contadores de casos e narradores que, ao redor de uma fogueira, nas noites enluaradas ou nos bancos da cozinha, pertinho do fogão a lenha, esquenta a alma e o coração de quem participa das tradicionais modas de violas.

Quinteto Riviera

Data: 24/08 – quinta
Hora: 19h

Grupo instrumental dedicado principalmente à execução de músicas francesas, eternizadas por compositores como Yan Tiersen , Edith Piaf,
Michel Legrand, Charles Aznavour, Sidney Bechet, Paul Durand, além de classicos do tango de Piazzolla e Jorge Bragatto ,e alguns temas clássicos do jazz. O nome do grupo faz referência à Riviera francesa, considerada uma das regiões mais sofisticadas do mundo, portanto, uma busca pelo repertório que faça jus ao requinte da região.

Conecto

Data: 25/08 – sexta
Hora: 18h

Criada em 2015, a Conecto desponta no cenário musical com seu som instrumental ousado, inovador e dançante. Com músicas autorais, a banda mineira de Acid Jazz já realizou vários shows em Belo Horizonte, com destaque para os Teatros Raul Belém Machado e da Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais (ALMG), além do Conservatório Mineiro de Música da Universidade do Estado de Minas Gerais (UFMG), Diadorim Cultural, Cine Theatro Brasil Vallourec e espaços culturais. Também participa de projetos culturais, como o “Dia de Feira” e “Música Itinerante”. O grupo também está se apresentando em cidades do interior de Minas.

Juarez Moreira Trio

Data: 25/08 – sexta
Horário: 20h

Reconhecido como um dos maiores violonistas do Brasil, aclamado pela crítica no exterior (“New York Times”, “Billboard”, “Jazz Times) e por feras como Milton Nascimento, Toninho Horta e Paquito D’Rivera, o artista mineiro cresceu ouvindo jazz, Bossa Nova e a música brasileira dos anos 1950.
Dono de técnica impecável, o guitarrista e arranjador apresentou-se nos quatro cantos do mundo. Com 12 álbuns e um DVD gravado ao vivo no Palácio das Artes em Belo Horizonte-MG.

DJ Naroca

Data: 25/08 – sexta
Horário: 21h e 23h

Naroca é percussionista e DJ. Começou a a curtir a arte de compartilhar com o público as músicas que ama por volta de 2010, e desde então nunca mais parou. Já se apresentou como DJ em diversas festas, festivais, cafés e casas noturnas de BH. Em 2013 criou ao lado de Victor Magalhães a festa Geleia Geral Brasileira, que embala as noites mineiras com uma seleção 100% brazuca. Em 2015 criou ao lado de Sandra Leão a festa Baixo Ventre, com uma proposta de trazer visibilidade para outras artistas mulheres e tocar grooves do mundo todo. Como musicista, atualmente é integrante dos projetos ICONILI, Chama o Síndico, Sagrada Profana, Orquesta Atípica de Lhamas e Marcelo Veronez.

Alda Rezende

Data: 25/08 – sexta
Horário: 22h

Reconhecida pela critica musical mineira, Alda Rezende impressiona pela voz. Eclética e criativa, leva no sangue a musicalidade brasileira para os palcos no exterior. Ela também é conhecida por dar espaço aos artistas brasileiros, divulgando a música na Nova Zelândia, onde hoje mora e trabalha.

Brascubazz

Data: 26/08 – sábado
Horário: 12h

A banda, em seus seis anos de atividades, já se apresentou nas mais importantes casas da cidade de Belo Horizonte, além de festivais ao redor do Estado. O grupo recebeu no palco importantes nomes da música instrumental brasileira, como Leonardo Brasilino (MG), Moisés Alves (RJ), Eduardo Neves (RJ), Toninho Horta (MG) e Chris Washburne (EUA).

Weber Lopes convida Paulinho Santos (UAKTI)

Data: 26/08 – sábado
Hora: 15h

Fred Selva

Data: 26/08 – sábado
Hora: 18h

Fred Selva é vibrafonista e compositor belo-horizontino, atualmente vive na cidade de Buenos Aires. Foi vencedor do prêmio BDMG instrumental 2015, um dos mais importantes para a cena musical mineira e, neste mesmo ano, lançou seu primeiro álbum “A Estranheza e o Poliglota” na abertura do Savassi Festival. Em 2016 recebeu o Prêmio Marco Antônio Araújo, considerado melhor disco instrumental mineiro. Para o Festival Fartura deste ano, Selva preparou um show inédito com composições e arranjos que privilegiam o debate entre os músicos e que, através do jogo entre momentos de acalanto e aspereza, propicíe uma imersão na sua perspectiva de violência cotidiana.

DJ Naroca

Data: 26/08 – sábado
Horário: 19h e 22h

Naroca é percussionista e DJ. Começou a a curtir a arte de compartilhar com o público as músicas que ama por volta de 2010, e desde então nunca mais parou. Já se apresentou como DJ em diversas festas, festivais, cafés e casas noturnas de BH. Em 2013 criou ao lado de Victor Magalhães a festa Geleia Geral Brasileira, que embala as noites mineiras com uma seleção 100% brazuca. Em 2015 criou ao lado de Sandra Leão a festa Baixo Ventre, com uma proposta de trazer visibilidade para outras artistas mulheres e tocar grooves do mundo todo. Como musicista, atualmente é integrante dos projetos ICONILI, Chama o Síndico, Sagrada Profana, Orquesta Atípica de Lhamas e Marcelo Veronez.

Fernanda Takai

Data: 26/08 – sábado
Horário: 21h

Vive em Belo Horizonte, Minas Gerais. Formada em Relações Públicas, UFMG, 1993. É cantora, compositora e cronista. Vocalista da banda mineira Pato Fu há 25 anos, há 10 lançou-se numa carreira solo com repercussão nacional e internacional, chegando a gravar um CD de inéditas com o guitarrista Andy Summers (The Police) em 2012. Lançou 17 álbuns e 7 DVDs. Tem 4 Discos de Ouro, vendeu mais de um milhão de cópias. Artista multipremiada pela APCA, Grammy Latino, MTV Brasil, Multishow, Revista Bravo!, Prêmio da Música Brasileira, entre outros. Tem 4 livros publicados (Panda Books e Cobogó Editora).

Carlos Walter

Data: 27/08 – domingo
Hora: 13h

Contemplado pelo prêmio Melhores da Música Brasileira na categoria dos melhores instrumentistas de 2015 em razão do CD/E-Songbook Calendário do Afeto: suíte para violão solo com 9 movimentos alusivos aos meses de gestação, o violonista Carlos Walter leva ao público do Festival Fartura Tiradentes 2017 uma apresentação temática e vibrante, repleta de temas consagrados da música instrumental brasileira, contando com a participação especial dos convidados Sílvio Carlos (violão de 7 cordas), Analu Braga (percussão) e Marcelo Jiran (acordeon).

DJ Naroca

Data: 27/08 – domingo
Horário: 14h

Naroca é percussionista e DJ. Começou a a curtir a arte de compartilhar com o público as músicas que ama por volta de 2010, e desde então nunca mais parou. Já se apresentou como DJ em diversas festas, festivais, cafés e casas noturnas de BH. Em 2013 criou ao lado de Victor Magalhães a festa Geleia Geral Brasileira, que embala as noites mineiras com uma seleção 100% brazuca. Em 2015 criou ao lado de Sandra Leão a festa Baixo Ventre, com uma proposta de trazer visibilidade para outras artistas mulheres e tocar grooves do mundo todo. Como musicista, atualmente é integrante dos projetos ICONILI, Chama o Síndico, Sagrada Profana, Orquesta Atípica de Lhamas e Marcelo Veronez.